Encontro de hidroterapia iniciou às 9h da manhã do dia 12
TRADUÇÃO LIBRAS Teve início nesta terça-feira, 12/09, na Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE) o I Encontro Estadual de Hidroterapia. No seu primeiro dia, o evento contou com apresentações de profissionais do Serviço de Hidroterapia da FCEE. Nesta quarta-feira, 13/09, o evento terá prosseguimento com a participação do fisioterapeuta especializado em piscina terapêutica Marcelo Roque, responsável pelo site Acquabrasil e um dos maiores especialistas do País, que abordará técnicas e abordagens inovadoras na Hidroterapia, como Ai Chi, Aqua Fasciaterapia, Watsu, Halliwick, Bad Ragaz e Water Pilates.

Organizado pelo Centro de Reabilitação Ana Maria Philippi (CENER) da FCEE, o encontro tem como objetivo de abordar a hidroterapia no campo da educação especial e é direcionado a profissionais que atuam em serviços de hidroterapia nas instituições especializadas em educação especial.

Neste primeiro dia foram abordados os temas “Características da água e sua relação com o público-alvo da educação especial”, “Considerações sobre o serviço de Hidroterapia: o cuidado com a água e o cuidado com a saúde” e “Considerações sobre o serviço de Hidroterapia: possibilidades de intervenção - A experiência do serviço de Hidroterapia da FCEE”.“Também foi apresentada a pesquisa "Panorama dos serviços de Hidroterapia em Santa Catarina", realizada pela equipe de Hidroterapia do CENER/FCEE no ano 2016.

Em elaboração desde 2015, o projeto de realização de um Encontro Estadual que aproximasse a FCEE e as instituições de educação especial que atuam na área da hidroterapia surgiu a partir da pesquisa realizada em 2016, a qual fez um mapeamento e análise da estrutura e funcionamento dos serviços de reabilitação em meio aquático nas instituições conveniadas à FCEE. “Este evento também vai de encontro à missão da FCEE, que é difundir o conhecimento em educação especial”, explica o fisioterapeuta Diogo Alves Miguel.

No âmbito da FCEE, o Serviço de Hidroterapia é a modalidade terapêutica que utiliza o movimento em meio líquido como forma de reabilitação. Atuando dentro do Centro de Reabilitação Ana Maria Philippi (CENER), o Serviço é realizado em uma piscina de 21 m² por uma equipe multiprofissional formada por professores de educação física, fisioterapeutas, técnicos de enfermagem e um químico responsável pela qualidade da água. São atendidas crianças e adolescentes com idades entre zero e 17 anos que participam dos Programas de Estimulação Essencial e Reabilitação do CENER.

JSN Boot template designed by JoomlaShine.com

Desenvolvimento: logo ciasc rodape | Gestão do Conteúdo: FCEE | Acesso restrito