TRADUÇÃO LIBRAS A Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE), através da Gerência de Capacitação, Articulação e Extensão (GECAE), promoveu nesta quinta-feira (07/02), no auditório do campus, o repasse de assessorias técnicas para os profissionais dos Centros de Atendimento. O intuito do evento foi apresentar os objetivos, orientações e encaminhamentos sugeridos pelos supervisores das assessorias técnicas recebidas pelos profissionais dos Centros de Atendimento Especializado da FCEE ao longo do ano de 2018. Este é o terceiro ano seguido que este momento de repasse ocorre na Fundação, marcando um espaço de troca de conhecimentos entre os profissionais dos diversos Centros da instituição.

Segundo Maria Stela Sumienski, integradora de educação especial da GECAE, “as assessorias são um investimento, pois elas vêm atuar diretamente em questões metodológicas e de intervenção, capacitando conhecimento da área da educação especial, possibilitando a integração da equipe de cada centro e permitindo discussões multidisciplinares.” Além disso, os assessores realizam diagnósticos, analisando os trabalhos feitos pelos Centros de Atendimento, e sugerem propostas para melhorar a eficiência do atendimento, assim como manter o que já vem funcionando.

No evento, foram abordados os seguintes temas:
- Avaliação Diagnóstica Multiprofissional no Transtorno do Espectro Autista (TEA), assessoria de Gabriel Brito e apresentado pelo Centro de Avaliação e Encaminhamento (CENAE);
- Treinamento para avaliação de protocolos, assessoria de Patrícia Kuriki e apresentado pelo CENAE;
- Atendimento Educacional Especializado (AEE) para alunos com Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH), assessoria de Hosana Alves Gonçalves e apresentado pelo CENAE;
- Currículo Funcional Natural (CFN), assessoria de Maria Nilza Éckel e apresentado pelo Centro de Educação e Vivência (CEVI);
- Uso de leitores de telas para plataforma Linux, assessoria de Marcos Antonio Schllosser e apresentado pelo Centro de Apoio Pedagógico e Atendimento às Pessoas Deficientes Visuais (CAP);
- Avaliação de desempenho no trabalho, assessoria de Cristina Abranches e apresentado por Centro de Educação e Trabalho (CENET);
- Adequação postural, assessoria de Alexandra Emy Otsu e apresentado pelo Centro de Tecnologia Assistiva (CETEP);
- Indicadores de Risco para Desenvolvimento Infantil (IRDI), assessoria de Maria Eugênia Pesaro e apresentado pelo Centro de Reabilitação Ana Maria Phillipi (CENER);
- Comunicação Alternativa, assessoria de Carolina Schirmer Rizzotto e apresentado pelo CENER;
- Surdocegueira, assessoria de Rita de Cássia Silveira Cambruzzi e apresentado pelo Centro de Capacitação de Profissionais da Educação e do Atendimento às Pessoas com Surdez (CAS).

JSN Boot template designed by JoomlaShine.com

Desenvolvimento: logo ciasc rodape | Gestão do Conteúdo: FCEE | Acesso restrito