Na imagem, um mapa do Estado de Santa Catarina que mostra onde foi implatado cada pólo AEE Altas Habilidades/Super Dotação em 2016 e 2017.
O Presidente da Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE), professor Pedro de Souza, reconhecendo a necessidade de apoiar e dar suporte para o atendimento das pessoas com Altas Habilidades/Superdotação (AH/SD) nos 17 pólos implantados no Estado, elaborou uma proposta junto do Núcleo de Atividades de Altas Habilidades/Superdotação (NAAH/S), para a aquisição de computadores e kits de robótica. O projeto foi apresentado em setembro para a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (FAPESC) com a intenção de conquistar uma parceria para a aquisição dos recursos tecnológicos para estes AEEs.

Segundo o projeto, nas assessorias realizadas em 2017 e 2018 constataram a falta de equipamentos necessários nas salas de Atendimento Educacional Especializado (AEE) AH/SD, onde parte das regionais relataram dificuldades financeiras para a aquisição de computadores e jogos para implementar as atividades na educação dos alunos.

O objetivo é que cada pólo de Altas Habilidades/Superdotação, implantado no Estado de Santa Catarina, tenha três computadores e um kit de robótica educacional, proporcionando que alunos com indicadores de AH/SD tenham acesso a ferramentas tecnológicas atualizadas e possam desenvolver projetos próprios dentro do meio digital. Há também a preocupação em maior investimento nos profissionais, qualificando suas práticas para que realizem um atendimento cada vez melhor.

Caso o projeto seja aprovado, os 17 núcleos implantados serão contemplados e a distribuição dos equipamentos tecnológicos ocorrerá no primeiro trimestre de 2019.
Vale destacar que a FCEE é referência em todo o Brasil na área de Altas Habilidades/Superdotação, sendo citada e visitada por consultores do Ministério da Educação (MEC).

JSN Boot template designed by JoomlaShine.com

Desenvolvimento: logo ciasc rodape | Gestão do Conteúdo: FCEE | Acesso restrito