Equipe da FCEE, prefeito e secretária de Educação de Balneário Camboriú posam para foto na inauguração do Pólo
A Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE) participou nesta quarta-feira (06/11) da inauguração do Polo de Atendimento Especializado das Altas Habilidades/Superdotação (PAEE - AH/SD) do município de Balneário Camboriú, projeto do qual a Fundação foi parceira, realizando a orientação e capacitação dos profissionais. Ligado ao Departamento de Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação, o local será encarregado de atender alunos da Rede Municipal com avaliação clínica e pedagógica ou em investigação para as altas habilidades/superdotação.

Participaram do evento o prefeito de Balneário Camboriú, Fabrício Oliveira, a secretária municipal de Educação, Rosângela Percegona Borba e também, representando a FCEE, a supervisora de Atividades Educacionais Extensivas, Fabiana de Melo Giacomini Garcez, a coordenadora do Núcleo de Atividades de Altas Habilidades/ Superdotação (NAAH/S), Andreia Panchiniak, e a professora da Oficina de Atividades Exploratórias do NAAH/S, Myriam Callado de Oliveira.

A FCEE foi parceira da prefeitura desde o início do processo de criação do pólo, orientando quanto a implantação do serviço e abrindo as portas para que a equipe de profissionais de Balneário Camboriú realizassem visitas técnicas ao NAAH/S e recebessem capacitações na área. Para a coordenadora do NAAH/S, Andréia Panchiniak, “a implantação desse serviço se destaca pelo pioneirismo e comprometimento da prefeitura de Balneário Camboriú com os alunos talentosos de sua cidade”.

O Polo de Atendimento Especializado das Altas Habilidades/Superdotação de Balneário Camboriú fará o suporte no contraturno escolar dos estudantes, uma vez por semana. Por enquanto, dez alunos da rede municipal já fazem parte do quadro de atendimentos, que conta com atividades próprias para a demanda educacional de cada criança, respeitando e estimulando o potencial de cada um. “A secretaria está comprometida em fazer acompanhamento com os docentes nas escolas, a fim de que mais alunos com essas características sejam diagnosticados e recebam atendimento pedagógico adequado no polo”, afirmou a secretária de Educação, Rosangela Percegona Borba.

Altas Habilidades/Superdotação

Em Santa Catarina, os alunos em idade escolar com indicativos de Altas Habilidades/Superdotação estão incluídos no público-alvo da educação especial e têm direito a atendimento educacional especializado com o objetivo de minimizar as diferenças de estilo e ritmo de aprendizagem. É consenso entre os especialistas que alunos superdotados não encaminhados adequadamente enfrentam muitas dificuldades de aprendizagem e também emocionais. Desde 2014, o Governo do Estado de Santa Catarina, através da FCEE, vem realizando um trabalho pioneiro de descentralização do atendimento nesta área da educação especial que foi reconhecido como referência nacional pelo Ministério da Educação em 2017.

(Com informações da Prefeitura Municipal de Balneário Camboriú)

JSN Boot template designed by JoomlaShine.com

Desenvolvimento: logo ciasc rodape | Gestão do Conteúdo: FCEE | Acesso restrito