sc logo



A Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE) é a única instituição brasileira a participar do programa TEACCH (Tratamento e Educação de Crianças Autistas e com Problemas de Comunicação, na sigla em inglês), virtualmente, entre os dias 16 e 18 de maio. 


Representada por profissionais do Centro Especializado em Transtorno do Espectro Autista/Núcleo de Atendimento Educacional Especializado (CETEA), a FCEE participou do evento com mais 18 especialistas de países como Paquistão, EUA, França, Japão e Canadá.


A primeira etapa do curso, ministrado em 2019, ofereceu base teórica e prática para avaliação e ensino de pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) em ambiente de sala de aula. Já nesta segunda etapa, a proposta é orientar os participantes além da implementação básica dos conceitos de TEACCH, e elaborar estratégias de treino e apoio a outros profissionais. 


O curso pretende também habilitar o profissional no trabalho com alunos com TEA, suas famílias, e auxiliar os participantes na resolução de problemas de comportamento usando estratégias TEACCH. 

Para Mariele Finatto, coordenadora do CETEA e participante do curso, a presença da FCEE em iniciativas como essa é fundamental. “A finalização das duas etapas do curso garantem a certificação do programa TEACCH, e a partir disso, a gente consegue implantar o ensino estruturado dentro das instituições credenciadas com FCEE.” complementa. 


Sobre o TEACCH

O TEACCH é um programa educacional e clínico desenvolvido nos Estados Unidos, na década de 1970, a partir de evidências científicas que observaram o comportamento de crianças com TEA em diferentes situações. O modelo educacional considera que o ambiente organizado e o ensino com estrutura favorecem o desenvolvimento e a aprendizagem das crianças com TEA, oferecendo um alto nível de autonomia e controle comportamental a longo prazo. 

JSN Boot template designed by JoomlaShine.com

Desenvolvimento: logo ciasc rodape | Gestão do Conteúdo: FCEE | Acesso restrito