sc logo

Imagem de três pessoas, um homem ajoelhado abraçando criança, ambiente interno
A educação especial do Oeste catarinense recebeu um importante impulso na noite desta quinta-feira, 07/10. O governador Carlos Moisés autorizou a liberação de R$ 21,9 milhões para instituições especializadas de ensino de 35 cidades da região. A formalização do repasse ocorreu durante uma solenidade no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nês, em Chapecó. Os investimentos fazem parte do programa SC Mais Inclusiva, o maior pacote da história para inclusão de Santa Catarina. Já são mais de R$ 200 milhões em projetos aprovados que estão sendo disponibilizados para todas as regiões.

Confira a galeria completa de imagens

O chefe do Executivo estadual destacou que os investimentos do SC Mais Inclusiva são feitos de acordo com as necessidades apontadas pelos gestores das instituições. Os valores serão utilizados em reformas, ampliações de sedes, compra de equipamentos e veículos e demais ações de infraestrutura.

“Antigamente, essas instituições faziam pedágios solidários, sorteios, gincanas ou bingos para angariar recursos. Agora, nós estamos investindo maciçamente na educação especial, assim como na capacitação dos professores. Quem vive essa realidade, de ter aluno especial em sua família, sabe o quanto ela pode ser dura. Por isso, nós acreditamos que o Estado tem que fazer a sua parte, qualificando esse serviço”, afirma o governador.

A presidente da Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE), Janice Krasniak, destacou que trabalha há décadas com o setor, e este é o maior montante já investido pelo Governo do Estado.

“É algo que nos deixa muito orgulhosos. A educação especial, no governo Carlos Moisés, está recebendo a atenção devida. Analisamos cerca de 600 projetos e vamos investir mais do que o dobro inicialmente previsto. Ver a alegria de um auditório como este aqui em Chapecó é gratificante”, diz Janice.

Também nesta quinta-feira, o governador esteve no Sul do Estado, onde destinou outros R$ 27 milhões para a educação especial. Assim como ocorreu em Braço do Norte e Içara, os atos de repasse em Chapecó foram marcados por homenagens e muita emoção de alunos, dirigentes e professores. 

A solenidade em Chapecó foi acompanhada pelo presidente da Alesc, deputado estadual Mauro de Nadal, pelos deputados Marlene Fengler, Valdir Cobalchini e Fabiano da Luz, além dos secretários de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Luciano Buligon, da Infraestrutura, Thiago Vieira, e da Agricultura, Altair Silva. Prefeitos e vereadores da região também marcaram presença.

Veja as instituições que receberão os repasses:

APAE de Agua Doce - R$ 700 mil
APAE de Anchieta - R$ 700 mil
APAE de Caibi - R$ 2 milhões
APAE de Catanduvas - R$ 500 mil
APAE de Chapecó - R$ 2milhões
AMA de Chapecó - R$ 3 milhões
Associação de Surdos de Chapecó - R$ 200 mil
ADEVOSC de CHAPECÓ - R$ 300 mil
CAPP de Chapecó - R$ 1,5 milhão
APAE de Concórdia - R$ 300 mil
APAE DE Coronel Freitas – R$ 300 mil
APAE de Coronel Martins - R$ 368 mil
APAE de Cunha Porã - R$ 220 mil
APAE de Descanso - R$ 700 mil
APAE de Galvão - R$ 160 mil
APAE de Guaraciaba - R$ 300 mil
APAE de Guarujá do Sul - R$ 150 mil
APAE de Iporã do Oeste - R$ 662 mil
APAE de Ipumirim - R$ 350 mil
APAE de Iraceminha - R$ 300 mil
APAE de Itá - R$ 720 mil
APAE de Itapiranga - R$ 350 mil
APAE de Irani - R$ 1 milhão
APAE de Jaborá - R$ 150 mil
APAE de Lindóia do Sul 0 R$ 150 mil
APAE de Maravilha - R$ 300 mil
APAE de Mondaí - R$ 200 mil
APAE de Quilombo -R$ 200 mil
APAE de Palmitos - R$ 75 mil
APAE de Palma Sola - R$ 400 mil
APAE de São Bernardino - R$ 100 mil
APAE de São Carlos - R$ 800 mil
APAE de São João do Oeste - R$ 650 mil
APAE de São Lourenço do Oeste - R$219 mil
APAE de São Miguel do Oeste - R$ 550 mil
APAE de São José do Cedro - R$ 450 mil
APAE de Seara - R$ 250 mil
APAE de Tunápolis - R$ 500 mil
APAE de Vargem Bonita - R$ 152 mil

(Com informações da Secom)

JSN Boot template designed by JoomlaShine.com

Desenvolvimento: logo ciasc rodape | Gestão do Conteúdo: FCEE | Acesso restrito